Berlin Costelaria | Vitrine
Berlin Costelaria | Vitrine
Berlin Costelaria | Timão se cala sobre Tite, e Mano Menezes ganha força nos bastidores

Timão se cala sobre Tite, e Mano Menezes ganha força nos bastidores

Quinta - 14/11/2013

- Não tem nada marcado, ninguém me falou nada.
Seco, até um pouco incomodado, Tite respondeu na noite de quarta-feira sobre as conversas em torno de uma possível renovação de contrato com o Corinthians. O time atingiu a pontuação necessária para fugir do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, marco indicado pela diretoria alvinegra para o início do planejamento para a próxima temporada. O técnico, porém, não foi procurado para conversar sobre seu futuro no clube. E já convive com a sombra de um possível substituto.
Tite soube que o presidente Mário Gobbi trabalha com a hipótese de contratar outro técnico para 2014. Mano Menezes, que passou pelo Timão entre 2008 e 2010, é o grande favorito. A postura da diretoria, claro, não agradou. Mas o atual comandante corintiano faz questão de manter a postura comedida em suas entrevistas.
Após a vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba, inclusive, o tom utilizado foi o de uma quase despedida.
– Só quero me ater a uma coisa. Não sei qual é o futuro, mas o que foi construído por todos nesses três anos de Corinthians nenhuma equipe do futebol mundial construiu. Ninguém construiu tamanhas conquistas em três anos. Isso é significativo, ninguém vai tirar de nós. Quero guardar isso para o resto da minha vida – afirmou o técnico.
Tite repetiu o discurso de algumas semanas atrás. Avisou que só começa 2014 trabalhando se for no Corinthians. Caso contrário, pretende ter um período sabático.
– Alguns clubes me ligaram, eu disse não. Só no Corinthians tenho condição de dar continuidade ao trabalho. Se não ocorrer, vou estudar um pouco, curtir a família, reciclar, assistir a jogos, ir para Caxias do Sul ver minha mãe e cuidar da saúde dela – enumerou.
Em Curitiba, apenas o gerente de futebol Edu Gaspar respondia pela diretoria. Como o poder de decisão está nas mãos de Gobbi e do diretor de futebol Roberto de Andrade, Edu preferiu não falar sobre o assunto. Mas as quatro últimas rodadas do Campeonato Brasileiro podem, também, representar os quatro últimos jogos da era Tite no Corinthians.
Fonte: globoesporte

Horário

Segunda a sexta-feira a partir das 11h30
Sábado e domingo a partir das 12h00

Local

Rua Cuiabá, 57 - Jardim Paulistano Sorocaba - SP

Fone

(15) 3321-2940

Indique nosso site!